Conheça nosso blog
31Out
foto de alimento congelado sendo retirado do congelador

Processo de ultracongelamento: como se diferencia dos demais?

O ar frio impede drasticamente a proliferação de microrganismos que aceleram a deterioração dos alimentos. Por conta desse fator, o processo de ultacongelamento passou a ser percebido como um dos mais eficazes para o combate às bactérias deteriorantes. Além dele, outros como o resfriamento e congelamento também podem participar desta equação. Nessa medida, a pergunta que fica é: como saber diferenciar o ultracongelamento dos demais? Continue a leitura deste artigo que a Genesis Refrigeração preparou e veja como a resposta é simples!

Quais são as distinções entre os métodos de congelamento?

O processo de ultracongelamento na indústria é usado como um dos recursos para a conservação dos alimentos por mais tempo. Entretanto, para entendê-lo é preciso também conhecer os outros métodos que são utilizados com a mesma finalidade. Na sequência, separamos o resfriamento, congelamento e ultracongelamento.

Resfriamento

Dentre os três processos citados anteriormente, o resfriamento é o mais simplista. Ele pode ocorrer de diversas formas. Elas são:

    • ar;
    • água;
    • gelo;
    • vácuo.

Tal qual como o congelamento e ultracongelamento, seu uso é feito quando pretende-se preservar os alimentos. Contudo, o resfriamento tem por definição a diminuição da temperatura para a manutenção da qualidade do produto.
O resfriamento tende a ocorrer entre 0ºC e 7ºC. Por essa razão, ele não impede totalmente a proliferação de bactérias que atuam na degradação dos alimentos. Contudo, a manutenção da comida nessas condições de temperatura resulta em menor risco de ataques desses micróbios.

Congelamento

Diferente do modo anterior, o congelamento considera temperaturas abaixo de 0ºC.
Para que seja eficiente admite-se -18ºC. Nessa faixa existe a menor probabilidade de crescimento de bactérias intoxicantes.
O congelamento, por ser um processo mais demorado, aumenta a possibilidade do crescimento de pedaços de gelo macro em torno dos alimentos. Essa associação é feita por conta da umidade que reveste o material. Por vezes, essa situação pode ocasionar danos à estrutura do alimento. Entretanto, essa “capa de gelo” também é eficaz para aumentar o período de conserva.
Assim como o resfriamento, o congelamento também pode seguir algumas estratégias:

  • lento: ocorre em até 12 horas. Por ser gradativo, os primeiros cristais de gelo são formados dentro do produto. Essa condição é a responsável por fazer a ruptura das paredes celulares dos alimentos e modificar sua estrutura. Uma demonstração dessa ação poderá vista na modificação da textura ou do sabor;
  • rápido: a queda de temperatura é brusca e inicia-se no espaço intracelular. Logo, a rapidez impede o crescimento de cristais macro em torno dos alimentos. O congelamento rápido também pode ser denominado “processo de ultracongelamento”.

Ultracongelamento

O ultracongelamento prevê uma rápida mudança do estado de composição do alimento para o modelo sólido. Em uma câmara fria, por exemplo, a finalização desse recurso pode ocorrer dentro do período de uma hora.
O fato da movimentação celular do alimento ser reduzida em um curto espaço de tempo o torna menos propício a modificações. Assim, a estabilidade torna-se uma das condições processo de ultracongelamento.

Quantos fatores participam do processo de ultracongelamento?

Existem 5 vertentes que colaboram para completar o ultracongelamento em quaisquer unidades condensadoras.
Abaixo, falamos mais um pouco a respeito de cada um deles.

foto vista de cima de legumes picados dispostos em potes de plástico

Temperatura

Como já dissemos anteriormente, o valor da temperatura é modificada de acordo com o processo ao qual ela está associada. No caso do ultracongelamento não é diferente. Aqui, considera-se, até mesmo, -25ºC.

Umidade relativa

A umidade relativa do ar é condição estabelecida entre o nível de umidade no ambiente e a maior temperatura a ser atingida. Ela é eficaz para a produção dos microcristais de gelo nos alimentos durante o processo de ultracongelamento.

Circulação do ar

A circulação do ar interfere diretamente no ultracongelamento de alimentos. Afinal de contas, quanto maior for a passagem de ar entre os alimentos, mais rápido eles poderão ser ultracongelados.

Iluminação

A iluminação, por vezes, é um agente de calor. Por essa razão, quando se pretende iniciar um ultracongelamento, o ideal é optar por luzes mais “frias”. Um exemplo que pode ser utilizado, nessa perspectiva, é a aplicação de lâmpadas de LED.

Organização

A disposição dos alimentos dentro dos ultra congeladores influencia diretamente na condição da circulação do ar entre os produtos. Por isso, manter os alimentos organizados em bandejas também é uma boa escolha para quem pretende tornar o ultracongelamento mais prático.

Conheça os produtos da Genesis destinados ao ultracongelamento!

A Genesis Refrigeração é uma empresa que tem o compromisso de garantir os melhores produtos do setor! Não deixe de conferir os nossos ultracongeladores de marcas que desenvolvidas especialmente para a indústria alimentícia brasileira!
Em nosso blog, não deixe de conferir outros artigos como este para enriquecer seu conhecimento a respeito deste assunto! Lá você encontra:

Compartilhe !

Posts RecentesTags
× Orçamento via Whatsapp