Conheça nosso blog
03Maio
congelamento e descongelamento

Congelamento e descongelamento de carne: entenda mais

Como o congelamento e descongelamento pode atingir um alimento? Neste artigo, a Genesis Refrigeração trata sobre um altamente perecível: a carne. É necessário que existam os cuidados corretos de manuseio e conservação. Entenda os riscos que esses processos têm em relação à saúde. Boa leitura!

Riscos do congelamento e descongelamento

Em primeiro lugar, é necessário ter em mente que a prática do congelar a peça depois de já ter sido descongelada é contraindicada por dois motivos, são eles:

  • há um aumento expressivo do risco de contaminação devido ao crescimento da população de microrganismos presentes no alimento;
  • uma vez que o alimento foi descongelado, o segundo congelamento poderá fazer com que esse perca líquido e sabor.

congelamento e descongelamento de alimentos

Questões ligadas à saúde

O primeiro motivo de contraindicação, atrelado ao crescimento de microrganismos na carne, pode ocasionar problemas de saúde para os consumidores.

As bactérias que estão presentes na carne iniciam o processo de multiplicação em temperatura ambiente em ritmo acelerado. Enquanto, quando o processo é feito na geladeira, por exemplo, o crescimento dessas não deixa de acontecer, apenas fica menos veloz. A questão é que o recongelamento do alimento não será suficiente para matar essa população, devido ao fato de não morrem em contato com temperaturas amenas.

Em razão dessas questões, deve-se levar em consideração que os processos de congelamento e descongelamento podem modificar quimicamente o produto.

Todas as bactérias fazem mal?

Não pense você que todas as bactérias presentes na carne fazem mal, sua maior parte são deteriorantes – capazes de modificar a coloração, odor, sabor, entre outros. Enquanto algumas, no entanto, são capazes de gerar doenças em condições favoráveis. Em pequenas quantidades não causam risco. Assim, faz-se de extrema importância ponderar no congelamento e descongelamento do produto.

congelamento e descongelamento de carnes: quais as bactérias ativas?

Possíveis doenças

Como foi dito anteriormente, não se deve congelar uma carne depois de ter sido descongelada. Isso porque aumenta o risco de contaminação e essa, por sua vez, pode ocasionar infecções gastrointestinais graves. A principal delas é a toxinfecção alimentar.

Toxinfecção alimentar: entenda os sintomas e tratamento

Os sintomas dessa doença ocasionada pelo congelamento e descongelamento de carne são muitos. Vômito, diarréia, dores abdominais, entre outros são os principais. Para o tratamento, é necessário beber muitos líquidos, a fim de recuperar os mesmos volumes perdidos. Água de coco, bebidas isotônicas, água e sucos de frutas podem ajudar no restabelecimento. No entanto, deve-se procurar um especialista. Nesse sentido, é recomendado manter-se atento aos processos de congelamento e descongelamento.

congelamento e descongelamento de alimentos e seu mal

Agora que você entendeu como o congelamento e descongelamento podem modificar a composição da carne, entre em contato com a Genesis Refrigeração! Somos uma empresa de excelência na venda de ultracongeladores. Conheça nossos produtos. Em nosso blog, você encontra artigos sobre comida congelada, o que é ultracongelamento e a diferença entre refrigeração e congelamento. Aguardamos por você!

Compartilhe !

Posts RecentesTags
× Chamar no WhatsApp!