Conheça nosso blog
30Set
foto de cozinha de restaurante

Câmara frigorífica em restaurante: qual é a funcionalidade?

As câmaras frigoríficas são importantes compartimentos para estruturas produtivas de restaurantes. A capacidade máxima delas, que é imprimida entre 1.000kg e 10.000kg, pode variar em função do uso. Além desses fatores, esses maquinários demandam o cumprimento das normas estabelecidas pela Anvisa como forma de garantir o compromisso com a qualidade dos alimentos. Prossiga a leitura deste artigo e conheça tudo o que é preciso saber sobre câmara frigorífica em restaurante.

Câmara frigorífica em restaurante: finalidade e modelos!

A câmara frigorífica em restaurante é utilizada com o objetivo de impedir a deterioração das mercadorias estocadas. Ou seja, por meio dos processos de resfriamento ou congelamento considera-se uma menor capacidade de evolução de fungos e bactérias que comprometam a conservação dos alimentos. Assim, a baixa temperatura gerada pelas câmaras frigoríficas impede o avanço dos microrganismos oxidantes. Desta forma, esses equipamentos possibilitam armazenagem com prazo máximo de seis meses.
Visto que não exige necessidade de implementação de recursos para a construção de ambiente com alvenaria, as câmaras frigoríficas são consideradas métodos de redução de custos referentes à armazenagem.
Na sequência, separamos os tipos dessas máquinas e como cada um deles se desenvolve.

Modelos de câmara frigorífica

Como já foi dito, a câmara frigorífica em restaurante participa do processo de estocagem em um restaurante. No entanto, a diferenciação na escolha delas deve ser feita de acordo com a necessidade do produto. Em outras palavras, a maneira como deseja-se preservar os alimentos. Veja quais são as formas disponibilizadas:

  • resfriado: esse modelo admite temperatura acima de 0º. Portanto, considera que o produto seja armazenado durante curto prazo e não agrega cristais de gelo em torno da mercadoria;
  • congelado: algo importante a destacar sobre o tipo congelado é o fato do alimento já ser contido na câmara frigorífica já congelado. Desse modo, o produto é apenas conservado em temperatura abaixo de zero dentro do maquinário;
  • congelamento: diferente do padrão anterior, o congelamento considera que produto seja armazenado em temperatura ambiente e sofra mudança de estado dentro da câmara frigorífica. Para congelar um produto, é importante uma capacidade frigorífica maior do que para mantê-lo congelado.

Benefícios da implementação em restaurantes

foto de funcionários de restaurante manuseando alimentos refrigerados

  • controle da qualidade dos alimentos;
  • manutenção do valor nutricional dos produtos;
  • diminuição dos gastos;
  • aumento de vida útil das mercadorias.

Como funciona o ciclo de refrigeração de uma câmara frigorífica?

O ciclo de refrigeração é igual para todos os casos onde essa é requerida. Deste modo, infere-se que a instalação de uma câmara frigorífica seja formada por:

    • unidade condensadora;
    • condensador;
    • válvula de expansão;
    • evaporador.

No entanto, para câmara frigorífica em restaurante recomenda-se o uso dos equipamentos que formam o maquinário de mesmo fabricante. Além desses, alguns acessórios também atuam na proteção do compressor da câmara frigorífica.
Um exemplo é o filtro, onde ficam todos os detritos oriundos dos processos de manutenção do ar frio.

Ligações elétricas

As ligações elétricas de uma câmara frigorífica em restaurante são diferenciadas em razão do modelo escolhido. As câmaras frigoríficas CGB, por exemplo, têm os seguintes pontos como parte do esquema de encadeamento elétrico:

    • sensor ambiente: mede a temperatura ambiente, externa;
    • sensor degelo: envia mensagem para a resistência;
    • degelo: equivale a uma das funcionalidades da câmara frigorífica;
    • ventilação: permite que a temperatura seja mantida;
    • refrigeração: viabiliza a climatização no interior do equipamento;
    • iluminação: consta como um dos aparatos da câmara frigorífica;
    • alimentação: consiste na junção de todos os sistemas que geram energia para o funcionamento do maquinário.

Por que o controle do degelo é importante?

A formação de gelo no aletado de câmaras frigoríficas pode ser decorrente de inúmeras razões. Algumas delas são: umidade acima da média, encontro contínuo entre ar quente e frio, falta de degelo, dentre outras. Essa última, entretanto, pode gerar baixo rendimento do maquinário.
Desta maneira, quando uma câmara frigorífica em restaurante apresenta capacidade de condensação abaixo da média, há o risco de retorno de líquido para o equipamento. Já para os alimentos dispostos dentro da câmara, essa situação representa um risco para o bom estado.
O controle de degelo, nessa perspectiva, denota uma solução viável para conter problemas com o equipamento. Esse pode ser programado, assim com ocorre no sistema frost free onde a refrigeração é controlada eletronicamente.

Quais são os diferenciais da câmara frigorífica da Genesis Refrigeração?

A Genesis Refrigeração disponibiliza câmara frigorífica CGB! Ela possui isolante térmico e acabamento em aço. Além de ser facilmente adaptável a diferentes ambientes, ela também tem fácil montagem e funcionamento. Em seu painel central, contém um quadro de controle onde ficam disponibilizadas as informações. Por fim, muito moderna e econômica, gera gases que não agridem a camada de ozônio. Em caso de compra do produto, nos comprometemos a enviar kit de interligação frigorífica que conta com aparatos pré-instalados!
Entre em contato conosco agora mesmo e não deixe adquirir o melhor maquinário para o seu restaurante!
Em nosso blog, não deixe de conferir:

Compartilhe !

Posts Recentes Tags
× Orçamento via Whatsapp